O valor do voluntariado

seg, 18/01/2016 - 16:23
Jornal Empregos & Estágios. 
Reportagem: Fernanda Gomes. 
 
 
 
Aproveitar o período de férias para se qualificar já é uma prática comum entre os estudantes e profissionais, porém a realização de cursos não é a única maneira de aproveitar o tempo livre, neste período, para melhorar o currículo. Cada vez mais valorizado pelos brasileiros, o trabalho voluntário também pode funcionar como uma boa maneira de agregar valor ao currículo, além de exercer uma boa ação social.
 
Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), mais de 77% das entidades privadas de assistência social sem fins lucrativos do país contam com ajuda de voluntários. A pesquisa mostra, ainda, que 80% dos voluntários colaboram até dez horas por semana, 11% trabalham de 11 a 20 horas, quase 6% se dedicam de 21 a 40 horas, e cerca de 3% se doam mais de 40 horas semanais.
 
De acordo com o professor do curso de graduação em Gestão de Recursos Humanos da Uniabeu, Ricardo Machado, estudantes e profissionais em início de carreira devem observar essa vertente com atenção, porque revela às empresas um perfil atuante e que oferece algo além das habilidades técnicas da carreira. “O estudante e o profissional iniciante têm muito fôlego para atuar. A motivação é total. Ele realmente quer fazer a diferença, ‘mudar o mundo’, fazer algo útil para as pessoas, a sociedade e a humanidade como um todo. Mas parece faltar um elemento primordial: o passar por experiências”, comenta Ricardo Machado que iniciou sua atividade de professor como voluntário na ONG Viva Rio.
 
Ele destaca também que a atuação em uma atividade voluntária poderá oferecer ao estudante em formação a oportunidade de desenvolver competências que serão necessárias para uma carreira profissional no futuro.
 
 
 

Comentar