Aniversário de 22 anos da Casa Ronald McDonald RJ

seg, 14/11/2016 - 16:43
A Casa Ronald McDonald do Rio de Janeiro comemorou na última quarta-feira (24) em uma festa para hóspedes, voluntários e funcionários, seus 22 anos de história dedicados a cuidar de crianças e adolescentes que lutam contra o câncer. Foi com muita alegria, que a Presidente da Casa Ronald McDonald do Rio de Janeiro, Sonia Neves, e o Superintendente do Instituto Ronald McDonald, Francisco Neves, puxaram um parabéns emocionado em homenagem à Instituição e a tudo o que ela representa. Com a missão de oferecer não apenas uma casa longe de casa, mas também de humanizar o tratamento da doença e proporcionar todo conforto e apoio necessários aos seus pequenos hóspedes, a Instituição já recebeu gratuitamente mais de 37mil jovens desde a sua abertura.Além disso, ao longo de todos esses anos, a Casa conseguiu ajudar mais de 2.000 crianças e suas famílias através do projeto Bolsa de Alimentos, que prevê a distribuição de alimentação básica e complementar para os que se encontram em tratamento ambulatorial nos hospitais conveniados, estando ou não hospedados na Instiuição. Hoje, uma rede de 330 voluntários ativos atendem mais de 35 hóspedes e suas famílias.
 
Sonia Neves, Presidente da Casa Ronald McDonald RJ, Carlos Neves, Supervisor de Projetos, Francisco Neves, Superintendente do Instituto Ronald McDonald, Regina Cobo, Vice Presidente de Desenvolvimento de Pessoas, Sérgio Carvalho, Gerente Geral da Casa Ronald McDonald RJ
 
“Todos esses anos foram de muito empenho e dedicação. Passamos por duas expansões e o que começou com o atendimento a sete crianças, se transformou na possibilidade de atendermos a 156 pessoas. Estou muito feliz por poder compartilhar esse momento com todos vocês, que são parte fundamental da história da Instituição”, celebrou a presidente da Casa durante a comemoração de aniversário.
 

A história

 
A primeira Casa Ronald McDonald no Brasil teve origem por causa de um momento difícil na vida da família de Sônia Neves. Ela e o marido, Francisco Neves, engajaram-se na causa do combate ao câncer infantojuvenil após Marcos, o filho caçula, ser diagnosticado com câncer aos dois anos de idade. Na década de 80, quando o diagnóstico foi confirmado, a família buscou a cura no Brasil e após não ter mais alternativas, iniciou uma mobilização entre os amigos, empresários, atletas e clubes, para viabilizar o tratamento do filho no exterior.
 
A família viajou para os Estados Unidos onde ficou hospedada em uma Casa Ronald McDonald. Marquinhos não resistiu ao tratamento, mas se tornou um incentivo para que a família Neves iniciasse uma revolução no cenário do câncer infantil no Brasil.De volta ao Brasil, Francisco fundou o Grupo de Recreação infantil do INCA (Instituto Nacional de Câncer) e, junto a Sônia e um grupo de amigos, passou a realizar trabalhos voluntários no INCA, ajudando famílias que enfrentavam problemas semelhantes.
 
Em 1991, quando o McDonald's dedicou a campanha McDia Feliz ao INCA, Francisco Neves sugeriu à direção nacional da empresa a implantação de uma Casa Ronald McDonald no Brasil. Três anos depois, foi inaugurada a primeira Casa Ronald McDonald, no Rio de Janeiro, construída graças à arrecadação do McDia Feliz do ano anterior.
 
A manutenção da Casa Ronald McDonald Rio de Janeiro é garantida por meio de doações, realização e participação em eventos beneficentes, bem como associação de membros contribuintes. Para mais informações ligue: (21) 2566-3200
 
 
.

Comentar