Publicações

Relatório de Atividades:

 
 

 

1. O Amanha Existe - A história de quem transformou a luta contra o câncer infantojuvenil no Brasil. 

A editora Verso Brasil e o Selo Perfil, realizaram no dia 9 de dezembro de 2014, o coquetel de lançamento do livro O Amanhã Existe, idealizado pelo Diretor de Comunicação da Arcos Dourados, Hélio Muniz, que convidou o conceituado jornalista, Renato Lemos, para escrever sobre a luta contra o câncer infantojuvenil no Brasil.
 
O livro exposto na Livraria da Travessa do Shopping Leblon.
 
 
O Autor Renato Lemos ao lado do Chico Neves, Superintendente do Instituto Ronald McDonald.
 
A publicação retrata o drama vivido pelo Francisco Neves, mais conhecido como “Chico”, hoje superintendente do Instituto Ronald McDonald, que fez da história de superação da sua família, uma grande esperança para mais de 30 mil crianças e adolescentes de todo o Brasil.
 
Chico Neves ao lado dos hóspedes da Casa Ronald McDonald-RJ.
 
A história do envolvimento da família Neves com o combate ao câncer infantojuvenil, se deu no final da década de 80, quando o filho do Chico e da Sonia Neves (Presidente da Casa Ronald McDonald-RJ), Marquinhos, foi diagnosticado com leucemia. O tratamento realizado no Inca, contou com médicos como o Dr. Daniel Tabak (Membro do Conselho Científico da Casa Ronald McDonald-RJ), que acompanhou todo processo da dificuldade do tratamento, e principalmente, o momento no qual a família recebeu a notícia de que não haviam chances possíveis capazes de driblar a doença.
 
Com os difíceis cenários de não êxito, em relação ao tratamento no Brasil, a família decidiu buscar ajuda no exterior. Entretanto, eles sabiam que um obstáculo durante o tratamento, poderia inviabilizar os investimentos, por isso, através da colaboração de amigos e uma grande mobilização da comunidade tijucana, eles conseguiram custear o tratamento nos Estados Unidos.
 
Esta nova porta que se abriu renovou a esperança de toda a família e amigos, na cura. Eles se hospedaram na Casa Ronald McDonald de Nova York por um mês, mas infelizmente, o Marquinhos não resistiu e faleceu em 1990. Ao retornar ao Brasil estavam decididos a transformar a dor da perda, em apoio à outras famílias que estivessem passando por dificuldades semelhantes.
 
Chico juntou toda energia que tinha e procurou o Dr. Marcus Morais, na época Diretor Geral do Inca, para declarar sua disposição em apoiar outras famílias. Desta conversa surgiram novos caminhos e uma visão construída pelo coração de um pai, e pela razão do engenheiro, que logo foi compartilhada pelo próprio Chico aos companheiros: “Espero em um futuro muito próximo, que nenhuma criança precise ir ao exterior para se tratar”. Graças ao esforço de muitos, hoje esta visão é uma realidade! Com a alma serena, Chico declara que toda esta dedicação é uma forma de retribuir ao mundo a positividade que tiveram ao realizar todas as possibilidades de tratamento para o filho Marquinhos.
 
Chico Neves em sua noite de autógrafos.
 
O evento foi prestigiado por muitos que fizeram parte da fundação da Instituição, bem como por apoiadores, voluntários e amigos. Os presentes se emocionaram ao ouvir as palavras da Sonia Neves, quando enfatizou a importância dos amigos, pois sem a participação deles, este trabalho não seria possível de ser realizado, de acolher e apoiar milhares de famílias que se encontram em tratamento no Brasil.
 
Aos que se interessarem por uma boa leitura, que além de contemporânea, emociona e nos convida a percorrer os caminhos da solidariedade, reserve o seu exemplar: Clique Aqui
 

2. Movimento de Voluntários nas Instituições de Apoio à Criança e ao Adolescente com Câncer no Brasil

Data: outubro de 2007
Participação da CRM-RJ: Capítulo dedicado ao histórico e projetos da Instituição.
Setor: Psicossocial
 

3. “As dimensões do Cuidar em Psico-Oncologia Pediátrica”

Data: outubro de 2005
Participação da CRM-RJ: Um capítulo dedicado ao trabalho de atendimento, às mães, desenvolvido na Casa por duas terapeutas da equipe.
Lançamento: outubro de 2005
Editora: Livro Pleno – Campinas